19th Ave New York, NY 95822, USA

Como funciona o sistema de rastreamento veicular em Maringá?

Você sabe como funciona o sistema de rastreamento veicular em Maringá e os benefícios que essa ferramenta pode gerar para sua empresa? Se você ainda não utiliza esse tipo de sistema, deveria ao menos considerar essa possibilidade.

Um levantamento realizado pela Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC&Logística) constatou que apenas no ano de 2018 foram registradas 22.200 ocorrências de roubo de cargas nas estradas e rodovias do Brasil, somando um prejuízo de quase R$1,5 bilhões.

Apesar da queda de 15% em relação ao ano anterior, o número de ocorrências ainda é alarmante. Segundo a associação, este é um dos principais problemas enfrentados pelo transporte rodoviário em nosso país atualmente.

Frente a uma situação como essa, o investimento em tecnologias de monitoramento e rastreamento de frotas mais do que necessário, é fundamental. Pensando nisso, preparamos este artigo, onde falaremos como funciona o sistema de rastreamento veicular, suas funcionalidades e principais vantagens.

O que é um sistema de rastreamento veicular em Maringá?

Um sistema de rastreamento veicular é um equipamento que pode ser instalado em qualquer tipo de automóvel, e faz uso da tecnologia de geolocalização para indicar com precisão a posição exata do veículo, onde quer que esteja.

Um rastreador veicular pode funcionar por meio de 2 tipos diferentes de tecnologia: sistemas de radiofrequência ou por meio de aparelhos integrados com GPS.

Como funciona o sistema de rastreamento veicular na prática?

Agora que já vimos o que é, vamos entender melhor como funciona o sistema de rastreamento veicular.

Um sistema de rastreamento veicular funciona de forma semelhante a um celular, comunicando-se por meio de módulos de telefonia. Ou seja, para que ele funcione, é necessária a utilização de um chip, como o que você utiliza em seu smartphone.

Por meio deste chip o aparelho pode enviar comandos via SMS, comunicando-se com plataformas de rastreamento para as quais envia especificações de latitude e longitude referentes a posição atual do veículo.

Como mencionamos anteriormente, há dois tipos de sistema, um que utiliza a tecnologia de radiofrequência e outro que opera por meio de GPS. Vamos entender como funciona cada um deles a seguir.

Por GPS

Esse tipo de sistema de rastreamento veicular funciona com base em uma grande rede composta por satélites, dispostos ao redor do planeta Terra. Os receptores de dados do rastreador captam os sinais de pelo menos quatro desses satélites, a fim de decodificar a localização enviada por meio de coordenadas, como latitudes e longitudes.

por radiofrequência

Já esse tipo de sistema funciona a partir da triangulação de sinais obtidos por meio de redes criadas por antenas receptoras. Conta com uma grande área de cobertura, permitindo que um veículo seja rastreado em qualquer lugar, desde que esteja dentro da área de cobertura.

Outras funcionalidades de um sistema de rastreamento veicular

Embora saber o ponto exato em que se encontra um veículo seja a função mais conhecida desse tipo de sistema, essa não é sua única utilidade. Ou seja, há ainda mais o que saber sobre como funciona o sistema de rastreamento veicular.

Além de sua localização, a triangulação dos sinais obtidos por meio das antenas receptoras possibilita o acesso a outras informações a respeito do veículo e seu funcionamento, como:

  • Velocidade em determinado ponto
  • Locais pelos quais passou
  • Tempo que ficou parado
  • Além de muitas outras informações úteis para o monitoramento e gestão de frotas

Outra de suas funcionalidades, tida como uma das principais e mais importantes, é a possibilidade de realizar o bloqueio remoto do veículo, função extremamente útil em casos de roubo ou furto.

Qual tipo de sistema devo escolher?

A escolha entre um modelo ou outro irá depender de suas necessidades.

Se o seu objetivo é instalar um sistema de rastreamento em uma frota de carros que irão circular em perímetro urbano, o recomendado é utilizar um módulo que funcione via radiofrequência. Isso porque esse tipo de sistema consegue verificar a localização de um veículo até mesmo em locais fechados, além de possuir grande resistência contra interferências.

Já no caso de a instalação ser em veículos que irão circular em perímetros fora da cobertura regional, como é o caso de frotas de caminhões utilizados no transporte de cargas, o ideal é instalar um sistema de rastreamento via GPS.

Veja também: 11 VANTAGENS DO RASTREAMENTO VEICULAR EM MARINGÁ

Related Posts

Deixe um comentário

Precisa de ajuda? Converse conosco